Advertisement

A Lei Geral das Antenas foi aprovada em 2015, mas vetado o “silêncio positivo”, que obrigava a manifestação da Prefeitura em 60 dias sobre a instalação de antena de celular. Se a Administração não se manifesta, a operadora pode instalar a ERB. O governo entende que pode impor essa condição por Decreto Presidencial.

Debate sobre modelo de negócios, custos e serviços aponta o compartilhamento de infraestrutura como inevitável.

Como a modelagem econômica do Aice considera a recomposição da margem da rentabilidade, o ideal é que o regulamento saia junto o do Fator X, defende Anatel.

Operadoras foram denunciadas em 2004 por conduta prejudicial à livre concorrência

Repasses da união de cerca de R$ 110 milhões para a estatal só começaram a partir de julho

Tribunal entende que provedor tem responsabilidade quanto ao conteúdo das mensagens

Brasil fica em 5º lugar na América Latina no Indicador da Sociedade da Informação

De acordo com o TJ-SP, a operadora alterou o plano sem comunicar a cliente.

Valor representa prêmio de 63% sobre preço das ações no fechamento de 6ª

Governo reforça que dará incentivos para a produção de aparelhos no Brasil

A fabricante de equipamentos chinesa ZTE fechou no mês passado a compra de uma antiga fábrica da Celéstica em São Paulo. A aquisição foi anunciada nesta sexta-feira (12) durante evento pelo diretor de vendas da ZTE do Brasil, Bernardo Weisz, que não divulgou valores sobre o negócio. A filial brasileira da montadora canadense de equipamentos …

Mesmo assim, de janeiro a junho, os desembolsos atingiram  R$ 55,8 bilhões.

Só Oi ou uma nova empresa pode comprar a faixa de 700 MHz no leilão de março da Anatel

“Indenização de bem, só se for necessário para o serviço”, afirma presidente da Anatel

TV paga na Internet precisa cumprir cota de conteúdo nacional

Ítalo Nogueira, novo presidente da Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, defende menos imposto para investimento em startups e que entes públicos, a exemplo de Serpro e DataPrev, não disputem o mercado privado

MENU

Voltar