Os postes de energia elétrica não podem suportar tantos cabos de telecomunicações


Sidney Simonaggio, Vice-Presidente de Gestão da Receita, Atendimento e Regulação da Enel, alerta que existem 300 operadoras de banda larga na área da Eletropaulo, e apenas seis pontos que podem ser usados em cada poste.

Anterior Governo diz que Plano Dubai para a Amazônia ainda está em estudo, mas vai sair
Próximos Anatel abre 3 consultas públicas para revisar requisitos técnicos de produtos

1 Comment

  1. CARLOS GUERRA GODOY
    11 de julho de 2019

    Quanta besteira num vídeo só. 1 – As distribuidoras de energia nunca “tomaram conta de verdade” da ocupação. Deixaram as operadoras ocuparem sem organização desde a época anterior à privatização. 2 – Quando as novas prestadoras iniciaram os pedidos as distribuidoras se comportaram como rainhas da cocada preta. Não analisam no tempo correto (até hoje é assim) e cobram o olho da cara. 3 – Mesmo após parecer da Câmara de Resolução de Conflitos as distribuidoras não acatam o preço estabelecido. 4 – O compartilhamento das redes de telecom já é estabelecido na Resolução Conj Nr1. Acho que não conhece. 5 – Quando fala que a rede deve ser de uma empresa só está puxando a sardinha para o seu próprio prato, será que que a ENEL não está de olho em mais este serviço monopolizado?