Operadoras perderão US$ 54 bi em 2016 para aplicativos de mensagens


A Ovum avalia que, em 2016, as operadoras de telecomunicações perderão US$ 54 bilhões em receitas de mensagens de texto (SMS) por conta do aumento da popularidade de serviços de mensagens sociais nos smartphones. O valor é o dobro do estimado pelas operadoras este ano, US$ 23 bilhões. A Ovum aponta as companhias da Europa e Ásia-Pacífico como as mais afetadas.

O WhatsApp, um dos aplicativos de mensagens mais populares, tem registrado aumento de presença em Cingapura e Holanda. A Ovum aposta na continuidade deste aumento uma vez que cresce a venda de smarphones e de pacotes de dados e também na expansão no uso de outros aplicativos de mensagem como textPlus, Pinterest e outros.
 

“Os fornecedores OTT estão mudando a preferência de consumo dos clientes, o que tem feito pressão sobre as operadoras que, por sua vez, estão oferecendo cada vez mais pacotes de SMS diferenciados e modelos de cobrança alternativos, enquanto cai a receita”, afirma Neha Dharia, analista de comunicações da Ovum.
 

Para a Ovum, as operadoras precisam investir em aplicativos de mensagem IP próprios, parcerias e estratégias de preço diferenciadas para tentarem contornar as perdas. (Da redação)

Anterior Telebras: alta das ações é fruto do próprio mercado de capitais
Próximos Anatel aprova o regulamento do PGMU III