Operadoras móveis negociam com Anatel implementação dos novos direitos dos usuários


A Acel, entidade que representa as operadoras de telefonia móvel, negocia com a Anatel a implementação implementação dos novos direitos dos usuários, que passarão a valer a partir de fevereiro do próximo ano. Segundo o informe da entidade, algumas das regras previstas na nova regulamentação são de difícil adoção em curto espaço de tempo, ou porque …

A Acel, entidade que representa as operadoras de telefonia móvel, negocia com a Anatel a implementação implementação dos novos direitos dos usuários, que passarão a valer a partir de fevereiro do próximo ano. Segundo o informe da entidade, algumas das regras previstas na nova regulamentação são de difícil adoção em curto espaço de tempo, ou porque não existe ainda no mercado brasileiro a tecnologia, ou porque os seus custos tornam inviáveis a operação.

Entre os itens apontados pelas empresas como de difícil execução está a intermediação de chamada para portadores de deficiência auditiva, por não existirem ainda no mercado aparelhos que possibilitem que essa comunicação seja feita em tempo real.

Outra mudança pró-usuário que está sendo questionada pela entidade trata-se do envio aos clientes pré-pagos das faturas das chamadas realizadas. Conforme a Acel, os custos da impressão e remessa da fatura são maiores do que o valor da chamada constante nas contas. Outros nove itens continuam a ser discutidos.

( Fonte: assessoria de imprensa Acel)

Anterior Novo satélite da Star One vai também disputar o mercado mexicano
Próximos Claro não quer que concessionárias ofereçam a última milha na troca do PST