Operadora francesa deve recorrer a fundos para aumentar lance pela T-Mobile US


A francesa Iliad teria iniciado conversas com fundos de investimento para, em parceria, comprar a T-Mobile US. No começo do mês, a operadora já havia ofertado US$ 15 bilhões por 56,6% da companhia de telefonia móvel norte-americana, a quarta maior dos Estados Unidos. A proposta foi, porém, rejeitada pela alemã Deutsche Telekom, atual controladora.

Rumores dão conta de que a Deutsche negociaria apenas com quem oferecesse mais de US$ 16 bilhões. Também circula no mercado a informação de que o CEO da Iliad, Xavier Neil, replicaria o modelo da Free, marca comercial da Iliad, detentora de políticas de preços agressivas, no mercado dos Estados Unidos. 

Outra companhia de olho da T-Mobile US é a Sprint, que teria se retirado das negociações devido à previsão de que deveria atender a profundas adequações regulatórias, que seriam exigidas pela Federal Communications Commission e departamento de justiça dos Estados Unidos. (Com agências internacionais)

 

Anterior 4G já representa 92% do tráfego de dados da Coreia do Sul
Próximos Apresentações - 39º Encontro Tele.Síntese