Operadora dos EUA permite troca de smartphone três vezes no ano


A norte-americana T-Mobile anunciou hoje, 25, um plano de assinatura móvel que prevê a troca de smartphone por até três vezes no mesmo ano. A operadora é quarta maior dos Estados Unidos, atrás de Verizon, AT&T e Sprint. No pacote, o cliente deve entregar o celular usado para poder receber um novo. Deve, também, ser assinante pós-pago de pacote de qualquer valor.

O programa é semelhante ao Up!, praticado pela Claro no Brasil, que prevê a troca de um modelo específico (iPhone ou Galaxy) por outro, mais recente, a cada ano. Além do aparelho, há seguro contra acidentes para proteger o aparelho. No caso da T-Mobile, o cliente paga uma taxa mensal e deve escolher se quer contratar também o seguro, por um valor adicional. O sistema também prevê a venda de tablets com conectividade móvel.

O sistema funciona como um leasing, em que o cliente abate o valor mensal do valor do aparelho. O valor é aumentado, ou reduzido, conforme cada troca. O contrato obriga fidelidade por 18 meses. Se o cliente encerrar o contrato e quiser ficar com o smartphone, deverá pagar o valor restante do aparelho.

Segundo a companhia, a estratégia por trás do plano é acelerar a troca de celulares da base de usuários para garantir sua fidelidade. No comunicado à imprensa, a T-Mobile provoca as concorrentes Verizon e AT&T, que tentaram criar programas de upgrade de smartphones anuais, mas logo voltaram para um modelo de atualização a cada dois anos. Segundo a empresa, seus cliente trocam de aparelhos a cada 14 meses, em média, enquanto o índice é de 20 meses nas concorrentes.

 

Anterior FCC quer mais empresas pequenas em próximo leilão
Próximos Sistema de telemática Onstar chega ao Brasil no Chevrolet Cruze