Openet amplia operação no Brasil


A empresa Openet, com sede em Dublin, na Irlanda, está ampliando sua operação no Brasil com a expectativa de realizar novos negócios no mercado de telecomunicações, especialmente com as operadoras móveis. “Com a 3G as operadoras celulares vão precisar, cada vez mais, investir na capacitação da rede e como nossa plataforma permite a operadora um …

A empresa Openet, com sede em Dublin, na Irlanda, está ampliando sua operação no Brasil com a expectativa de realizar novos negócios no mercado de telecomunicações, especialmente com as operadoras móveis. “Com a 3G as operadoras celulares vão precisar, cada vez mais, investir na capacitação da rede e como nossa plataforma permite a operadora um melhor controle dos recursos, estamos apostando nesse mercado”, disse ao Tele.Síntese, Mauro Vicente, diretor de vendas e novos negócios da Openet para América Latina.

A empresa fornece soluções de processamento, chamadas “inteligência transacional”. Seu principal produto é um framework, isto é, uma arquitetura de software sobre a qual é possível colocar diferentes aplicativos, os quais organizam e correlacionam as transações dentro da rede. “É uma solução que dá ganhos para a operadora”, assegura Vicente, acrescentando que o software permite melhor controle dos recursos da rede da operadora, na medida em que auxilia na criação de novos pacotes, permitindo melhor segmentação do mercado.

A empresa de software tem representação no Brasil desde 2005 e decidiu ampliar sua operação, com um escritório em São Paulo, que responderá também pelas operações na América Latina. “Hoje, as operadoras buscam se diferenciar com a oferta de serviços, o que nos abre oportunidades de negócios”, afirma o executivo. Ele aposta no crescimento do mercado, não só na área móvel. “Nossa plataforma é direcionada para o mercado de telco, tanto mobile, quanto fixo e cabo”, destaca o executivo, cujo principal cliente no Brasil é a Nextel, que usa sua plataforma na área de mediação, com um software que faz a coleta de dados, garantindo receita.

Anterior Comissão fará audiência sobre renovação de outorgas e crimes na internet
Próximos GVT seleciona Ericsson e Cisco para pilotos de IPTV