OPA da Embratel é remarcada para 7 de outubro


A Embratel adiou novamente sua oferta pública voluntária (OPA) para aquisição da totalidade das ações preferenciais da operadora de telecomunicações NET Serviços. O leilão, previsto para esta quarta-feira (29), passou para o dia 7 de outubro, às 15h, na BM&FBovespa. Inicialmente, a oferta estava prevista para o dia 9 deste mês.

A empresa atribuiu a mudança à falta de tempo hábil para comunicar ao mercado sobre uma manifestação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acerca das condições para a compra das ações estipuladas no edital da oferta.  A Comissão havia comunicado na segunda-feira que o limite de um terço das ações preferenciais da Net que serão alvos da OPA deve ser calculado com base nas ações preferenciais da Net em circulação em 4 de setembro de 2000, o que corresponde a 1.237.798 ações.

Caso haja a aceitação por mais de dois terços das ações preferenciais da Net em circulação na data do leilão, a Embratel deverá adquirir a totalidade das ações ofertadas. A Embratel alega não ter tempo hábil para divulgar plenamente a manifestação da autarquia a investidores nos Estados Unidos, o que levou a empresa a postergar a oferta.

Quem se habilitou para participar do leilão de amanhã poderá cancelar sua ordem de venda. Com a mudança, os investidores terão até o dia 6 de outubro, até as 18h, para se habilitarem. Já a data da liquidação da oferta passou para o dia 13 de outubro.(Da redação)

Anterior Telefónica Latino-América passa a comandar negócios no Brasil
Próximos Light e Cemig vão testar smart grid em cidades do Rio e de Minas