Ooma promete ligações gratuitas vitalícias


A Ooma, empres recém-criada, está finalizando um dispositivo baseado em Linux que promete ligações domésticas (nos EUA) gratuitas para o resto da vida, sem tarifas inclusas, de acordo com informação publicada no site linuxdevices.com. O hub da Ooma utiliza redes P2P, com as linhas de cada usuário servindo terminação local em potencial para os outros …

A Ooma, empres recém-criada, está finalizando um dispositivo baseado em Linux que promete ligações domésticas (nos EUA) gratuitas para o resto da vida, sem tarifas inclusas, de acordo com informação publicada no site linuxdevices.com. O hub da Ooma utiliza redes P2P, com as linhas de cada usuário servindo terminação local em potencial para os outros usuários.

Em entrevista recente o presidente da Ooma, Andrew Frame, afirmou que a companhjia possui os mesmos investidores do Skype, e funcionam como uma versão em hardware do Skype, mais apropriada para consumidores regulares. “O Skype é um utilitário móvel. Nós estamos fornecendo o serviço nas casas dos usuários, e não em seus laptops ou computadores”, explicou Frame.  

O serviço da empresa gira em torno do Ooma hub, que deverá ser vendido por US$ 400 em setembro. Acredita-se que o hub seja um dispositivo baseado em Linux, pois a empresa tem procurado no mercado desenvolvedores de aplicativos nesta plataforma.

O hub se conecta à rede de internet banda larga do usuário, e tem a opção de se conectar também a sua linha telefônica, caso desejado. Ao ser conectado à linha telefônica, o hub funciona como um “terminal P2P” que liga outros usuários do Ooma aos POTS (plain old telephone service) dentro da área de chamadas do usuário.
 
Para estimular a rede P2P da Ooma, a empresa fornecerá gratuitamente 2 mil dispositivos, disse Frame. Além disso, em chamadas para locais onde ainda não há usuários do Ooma, a companhia finalizará as ligações, por meio de um serviço convencional de VoIP para POTS. Essas chamadas também serão gratuitas para os usuários, garantiu Frame. (Da Redação)

Anterior Computadores: vendas devem crescer 11,2% em 2007
Próximos TVA e Telefônica: novo acordo de acionistas fica pronto na próxima semana.