OMC inicia debate sobre regras para o comércio eletrônico


Depois do debate iniciado em janeiro, em Davos, as negociações para regulamentação do comércio eletrônico na Organização Mundial do Comércio (OMC) embalaram nesta semana, como informa o Valor Econômico. Segundo o jornal, o Brasil defende a cobrança de taxas internas sobre as plataformas eletrônicas. Já a União Europeia quer a redução de tarifas de importação para produtos de telecomunicações.

Permeia o debate a guerra comercial entre os EUA e a China. O Brasil defende a eliminação permanente da taxa aduaneira sobre transmissões eletrônicas, que não é cobrada há 20 anos. Prefere coletar impostos internamente. E quer a manutenção da internet livre e aberta.

As negociações da OMC se concentrarão em criar uma estrutura única para lidar com o comércio eletrônico, já que o setor era praticamente inexistente quando órgão de comércio foi criado, em 1995. “O comércio eletrônico é uma nova globalização que precisa de nova regulamentação”, disse Arancha Gonzalez, do Centro de Comércio Internacional da ONU.

Anterior MP libera instalação de antenas de celular, avalia secretário de Telecomunicações
Próximos Hispamar e Hughes vão usar no Brasil plataforma de WiFi do Facebook

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *