Oi repete geração de caixa negativa e investe R$ 656 milhões em agosto


Designed by Freepik
Designed by Freepik

No Relatório Mensal de Atividades (RMA) de agosto da Oi, que vem sendo divulgado pelo administrador da recuperação judicial da companhia, o escritório de advocacia Arnoldo Wald, a empresa manteve resultados negativos para a geração de caixa operacional líquida. No entanto, o desempenho do mês nesse aspecto — R$ 242 milhões negativos — foi melhor do que o resultado de julho quando alcançou um déficit de R$ 540 milhões. Em termos de investimentos, foram aplicados pelas empresas do grupo R$ 656 milhões no período, uma redução de  6,6% em relação ao mês anterior quando totalizaram R$ 702 milhões.

Sobre a geração de caixa operacional líquida, o RMA informou que na comparação com julho, os recebimentos registraram redução de R$ 378 milhões, chegando a R$ 1,991 bilhão.  Parte disso, R$ 105 milhões negativos, está relacionado aos  recebíveis de clientes que no mês anterior foi de R$ 1,6 bilhão e em agosto caiu para R$ 1,5 bilhão. A empresa considera que essa queda se deve a menor quantidade de dias úteis no mês.  O relatório aponta que também houve redução de R$ 34 milhões em serviços de uso de rede.

Os pagamentos realizados pela Oi diminuíram R$ 630 milhões quando comparado ao resultado de julho.  Os mais afetados pela menor saída de caixa com pagamentos foram os fornecedores de materiais e serviços com R$ 462 milhões a menos.

PUBLICIDADE

Em termos de investimentos,  a queda na região da antiga Telemar foi de R$ 13 milhões, totalizando R$ 232 milhões. Já na Oi Móvel S.A. a redução foi de R$ 11 milhões em um total de R$ 363 milhões, enquanto os investimentos na Oi S.A. recuaram de R$ 83 milhões em julho para R$ 61 milhões em agosto.

 

 

 

 

Anterior Órgão do Cade aprova operação no mercado de memória flash
Próximos Cidades Inteligentes em debate no Wireless Mundi, dia 21