Oi registrou 5,2 milhões de acessos à rede WiFi montada na CCXP


A Oi, responsável pela infraestrutura de telecomunicações da CCXP, feira de cultura pop realizado na última semana em São Paulo, registrou 5,2 milhões de conexões à rede montada nos quatro dias do evento. Essas conexões geraram mais 44 Tera Bytes (TB) de dados trafegados – volume 6,3 vezes maior do que foi registrado na CCXP 2018.

O tráfego total equivale a 11,9 milhões de fotos em alta resolução, 14,7 mil horas de streaming de séries, 2,2 milhões horas game online e 88,2 mil horas de download de filmes. O pico de conexões simultâneas ao Oi WiFi foi de 12.115 e ocorreu às 16h de sábado, dia 7, durante o painel do Presidente da Marvel Studios, Kevin Feige.

PUBLICIDADE

A empresa ofereceu Oi WiFi gratuito para o público, suportada por uma infraestrutura de 60 km de fibra dedicada. Foram instaladas antenas para cobertura do serviço móvel 4,5 G. Os links para transporte tinham capacidade de 22Gbps. Foram instalados 375 equipamentos e a disponibilidade foi de 100% ao longo de todo evento.

A CCXP 2019 teve também 5G demonstrativo da Oi. A rede móvel foi usada pela equipe de conteúdo do evento para a cobertura em suas redes sociais e também para demonstração prática da tecnologia em um jogo de pedra papel tesoura em que um robô interagia com o público.

O Centro de Operações Oi, estrutura montada exclusivamente para atender a CCXP19, monitorou todas as soluções de Telecom, TI e Segurança, de forma integrada, dentro do conceito de Gestão Digital 360º, que faz parte do portfólio de produtos da Oi Soluções. A Oi Soluções utilizou também dispositivos de Internet das Coisas para controle de energia e temperatura de equipamentos, controle de ruído e temperatura dos pavilhões da SP Expo e vídeomonitoramento com inteligência artificial nas áreas de serviço da Oi e produção do evento, garantindo assim a melhor experiência em dados ao público visitante.

O próximo evento em que a operadora será fornecedora de telecomunicações será no prêmio e-Sports, no Memorial da América Latina, dia 19 de dezembro, em São Paulo. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Conselho recomenda a inclusão do leilão do 5G no PPI
Próximos Ericsson pagará US$ 1 bilhão em multas nos EUA