Oi pode fazer pequenos ajustes em sua oferta aos credores, diz presidente


 

dinheiro investimento leilão oferta compra aporte capitalO presidente da Oi, Marco Schroeder, afirmou hoje, 19, que as negociações com os credores da dívida de R$ 45 bilhões que estão na recuperação judicial estão “caminhando muito bem”. Segundo ele, já foram fechadas as propostas com os fornecedores e com os trabalhadores, e que agora está sendo negociada com os credores financeiros, a parte mais difícil. “A dívida é uma das poucas questões que está todo mundo alinhado. Vale para acionista, vale para o credor, vale para o regulador. Ninguém quer criar um impasse dentro da Oi”, afirmou ele.

O executivo admitiu, no entanto, que poderão ser feitos pequenos ajustes ao plano apresentado, ajustes esses limitados ao que a operadora pode suportar. ” A empresa não vai abrir mão de sua capacidade de fazer investimentos”, afirmou. Segundo Schroeder, é natural que alguns credores reclamem que a empresa não tenha ainda negociado uma proposta concreta – como é o caso dos bondholders – mas ele acredita que se conseguira fechar um acordo.

Anterior O valor da troca da concessão ainda preocupa a América Móvil
Próximos Sai decreto que redefine estrutura do MCTIC