Oi muda auditor externo no Brasil


shutterstock_ isak55_economia_resultado_bolsa_de_valoresA Oi trocou de auditor externo no Brasil. A operadora substituiu a KPMG pela BDO, que será responsável por analisar os dados contábeis da empresa durante o triênio de 2017 a 2019.

A KPMG continuará, no entanto, a ser a responsável pela auditoria externa internacional, assinando as demonstrações financeiras enviadas à SEC, comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos.

A mudança acontece por exigência de norma da CVM brasileira, que determina a alteração dos auditores a cada cinco anos, pelo menos. O primeiro trabalho da BDO será analisar os números da companhia referentes ao primeiro trimestre de 2017, que se encerra hoje.

PUBLICIDADE

Acionistas
A Oi comunicou ao mercado que o fundo Virgo, administrado pelo Banco Safra, vendeu parte das ações que tinha da companhia. O fundo vinha comprando papeis preferenciais desde o começo do ano, e atingiu o volume de 16% há cerca de duas semanas. Agora, iniciou o processo de venda, reduzindo a participação a 14,95%.

O objetivo do Virgo seria meramente financeiro, sem qualquer intenção de interferir no controle da companhia – que passa por recuperação judicial e anda com um dos papeis mais voláteis da bolsa de São Paulo: desde janeiro, as ações PN subiram 73,3%.

Anterior Receita da Huawei cresce 32% e lucro chega a US$ 5,3 bilhões
Próximos America Net vai abrir 20 novas lojas no interior de SP