Oi lança Velox do PNBL em mais 120 municípios


A Oi lançou nesta quarta-feira (12) ofertas do Oi Velox nos moldes do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em mais 120 cidades do país. Com isso, completa 1.892 municípios atendidos, dos quais cerca de 40% estão nas regiões Norte e Nordeste. Até o fim de 2014, todas as localidades-sede dos 4.800 municípios da área de atuação da Oi serão atendidas. Atualmente, 11 meses após o lançamento do programa, 39,4% dos municípios conta com a banda larga popular da Oi.

As cidades contempladas em setembro estão distribuídas em 17 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. As ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL estão presentes em 24 estados, além do Distrito Federal. A Oi também já tem ofertas nos estados do Acre, Amazonas,  Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Roraima e Pará.

As ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de Adesão ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), firmado pela Oi junto ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por iniciativa do Governo Federal, o PNBL orienta o processo de popularização da internet no Brasil. O foco é a ampliação do acesso à banda larga no país, promovendo a inclusão digital e reduzindo as desigualdades sociais e regionais no país.
 
A Oi oferece velocidade de 1 Mbps e custa R$ 35  por mês. Nos estados em que foi concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga, a oferta é feita a R$ 29,90 mensais. Em ambos os casos, o cliente não precisa pagar pelo modem, cedido em regime de comodato. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a Oi, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da companhia, mas cobre pelo serviço.
 
Lista dos municípios atendidos pela banda larga popular da Oi em setembro de 2012:
 
AL – Canapi; Jacaré dos Homens; Japaratinga; Novo Lino; Poço das Trincheiras; Teotônio Vilela; Traipu e Viçosa
BA – Érico Cardoso; Antônio Gonçalves; Buerarema; Candiba; Capela do Alto Alegre, Cocos; Ichu; Itaquara; Maetinga; Santa Teresinha; Santo Estevão, Várzea Nova.
CE – Aiuaba; Alto Santo; Catunda; Fortim; Guaraciaba do Norte; Hidrolândia; Jucás; Reriutaba; Saboeiro; Santana do Acaraú; Senador Pompeu
ES – Mimoso do Sul
GO – Colinas do Sul; Divinópolis de Goiás; Itaguari; Santa Terezinha de Goiás; Santo Antônio da Barra; Taquaral de Goiás
MA – Altamira do Maranhão; Buritirana; Cândido Mendes, Lima Campos
MG – Alterosa; Alto Caparão; Alvorada de Minas; Cachoeira de Pajeú; Barão de Cocais; Belo Vale; Bom Jesus do Amparo; Borda da Mata; Cachoeira Dourada;  Carmo do Rio Claro; Catas Altas; Coimbra; Dom Cavati; Dom Silvério; Entre Folhas; Fronteira dos Vales; Ilicínea; Itatiaiuçu; Luislândia; Malacacheta; Manhumirim; Matias Cardoso; Onça de Pitangui; Ouro Fino; Paraopeba; Passabem; Rio do Prado; Rio Preto; Romaria; Rubim; Santa Bárbara do Tugúrio; Santo Antônio do Amparo; Santo Antônio do Rio Abaixo; São Gonçalo do Pará; São João Batista do Glória; São José da Barra; São José da Safira; Ubaí
PB – Alhandra; Aroeiras; Baía da Traição; Barra de Santa Rosa; Guarabira; Juarez Távora; Lagoa Seca; Várzea
PE – Feira Nova
PI – Barra d’Alcântara; Canto do Buriti; Colônia do Gurgueia; Cristino Castro; Landri Sales; Monsenhor Gil; Palmeirais e Porto
PR – Itaúna do Sul; Ortigueira
RJ – Casimiro de Abreu; Sumidouro
RN – Bom Jesus; Cerro Corá; Patu; Riachuelo e Vila Flor
RS – Ajuricaba; Anta Gorda; Condor; Horizontina; Ibiacá; Minas do Leão; Morro Redondo; Progresso; São Pedro do Butiá
SC – Riqueza
SE – Santa Luzia do Itanhy
TO – Marianópolis do Tocantins; Divinópolis do Tocantins; Itapiratins

(Fonte: Assessoria de imprensa)

 

Anterior CEO do Facebook reconhece erros na mobilidade
Próximos Cade aprova sociedade entre Ericsson e Portugal Telecom