Oi lança serviço convergente focado em grandes e médias empresas


A Oi lançou o Oi Flex, serviço convergente fixo-móvel focado em grandes e médias empresas. Trata-se de um kit, composto de um aparelho móvel (Motorola V3 Black) e de um equipamento Ponto de Acesso, que permite a possibilidade de conexão com a linha fixa. O aparelho permite ao usuário efetuar e receber ligações quando estiver …

A Oi lançou o Oi Flex, serviço convergente fixo-móvel focado em grandes e médias empresas. Trata-se de um kit, composto de um aparelho móvel (Motorola V3 Black) e de um equipamento Ponto de Acesso, que permite a possibilidade de conexão com a linha fixa. O aparelho permite ao usuário efetuar e receber ligações quando estiver no escritório, como um telefone fixo, e o mesmo aparelho passa a funcionar como móvel pela rede GSM da Oi, quando o usuário estiver fora da empresa.

Há funções de agenda única de contatos, despertador, lista de chamadas recebidas e realizadas, etc, e  pode ser adquirido por clientes novos ou antigos da operadora, nos planos pré ou pós-pago. Sempre que o Oi Flex estiver dentro da área de cobertura do Ponto de Acesso, que atinge até 100m, o cliente pode atender chamadas do fixo no móvel, como se estivesse usando a extensão.

O usuário pode escolher se faz as suas chamadas pela rede fixa ou pela rede móvel da Oi, e, ao receber uma ligação no escritório, também é possível identicar se as chamadas foram feitas para a linha fixa ou para o Oi, através de toque personalizado e aviso na tela (ícone Bluetooth – que identifica uma chamada para a linha fixa). Fora do escritório, o mesmo aparelho passa a funcionar na rede GSM da Oi.

As chamadas efetuadas pela rede fixa serão faturadas normalmente na conta da linha fixa e as chamadas efetuadas pela rede móvel serão faturadas na conta da linha Oi, sendo mantidas todas as características e valores dos planos. (Fonte: assessoria de imprensa, Oi)

Anterior Investimentos mundiais em telecom devem atingir USS 225 bilhões em 2007
Próximos PhoneBrasil quer implantar rede WiFI no Brasil