Oi integra o conselho da Unitel


A Oi avisou ao mercado na noite de ontem, 19, que indicou dois dos eleitos para integrar o conselho da operadora angolana Unitel. A indicação se dá após a empresa brasileira conseguir o direito de participar das decisões da tele africana, conforme ordem de árbitro da Câmara Internacional de Comércio.

Um dos indicados pela Oi, além de participar do conselho, será diretor geral da Unitel. “Dessa forma, o Conselho de Administração da Unitel passará a contar com o Sr. António Miguel Ferreira Geraldes (Diretor Geral) e com o Sr. Luiz Henrique Soares Rosa”, diz a concessionária no comunicado. Ambos foram indicados pela PT Ventures, subsidiária da Oi que administra a participação acionária detida na operadora angolana.

Além deles, foram também eleitos para o Conselho de Administração da Unitel João Boa Francisco Quipipa, Isabel José dos Santos e Amílcar Frederico Safeca. Os executivos tomam posse nos cargos em 6 de maio, quando será escolhido o presidente ou a presidente do board, e ficam ali até 2021.

RJ e disputa por dividendos

A Unitel é um dos ativos que a Oi venderá como parte da execução do plano de recuperação judicial. A concessionária brasileira trava disputa jurídica com os demais acionistas da Unitel pelo recebimento de bilhões de dólares em dividendos não pagos.

A mais recente decisão sobre o tema, tomada na ICC, obrigou a Unitel a transferir mais de US$ 600 milhões à Oi. A tele brasileira, no entanto, vai continuar a pressionar, pois diz ter direito a muito mais. Segundo a Unitel, a Oi pleiteia ressarcimento de US$ 3 bilhões e, portanto, a decisão da ICC foi uma vitória por reconhecer que o montante pedido pela Oi não seria condizente com as alegações e cálculos feitos pela brasileira.

Anterior Assespro quer participar da Agência de Proteção de Dados
Próximos Google recebe nova multa bilionária na Europa