Oi instala orelhões para deficientes auditivos nos ministérios


A Oi instalou orelhões adaptados para deficientes auditivos na maioria dos ministérios, em Brasília. Os aparelhos já estão em funcionamento e para ter acesso, o usuário deverá conectar o fone a um teclado e digitar a mensagem para que a outra pessoa possa ler e entendê-lo. A reposta deverá ser efetuada da mesma maneira. As conversas só podem ser feitas se os dois lados da linha utilizarem os novos modelos.

As pessoas que não possuírem deficiência auditiva, mas quiserem utilizar os novos telefones, poderão usá-los normalmente. O custo a ser cobrado pelas ligações será de mesmo valor ao já estabelecido para ligações efetuadas de telefones públicos.

Segundo a Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério do Planejamento, não havia reclamações antes da instalação dos telefones e a iniciativa de disponibilizá-los aos deficientes auditivos surgiu da própria subsecretaria, dentro do programa de inclusão social elaborado pela operadora.(Da redação)
 

Anterior Decreto que regulamenta Prouca dá preferência ao software livre
Próximos RFS tem novo diretor financeiro