Oi dobra municípios com fibra ótica e lança novos produtos de vídeos no Oi Play


A Oi já leva FTTH a 60 municípios e pretende alcançar 3,6 milhões de residências até o final do ano. E lançou também nova versão de Oi Play, que poderá ser adquirido por qualquer pessoa no segundo semestre.

A operadora Oi anunciou hoje, 4, que dobrou desde o final de 2018 até junho deste ano o número de municípios atendidos pelo Oi Fibra, com fibra ótica até a casa do cliente, passando de 27 para 60 cidades.  Também lançou uma campanha de novos produtos de streaming  e de vídeo on demand por meio do Oi Play, para novos conteúdos, funcionalidades, preços e meios de pagamento, para aproveitar a ampliação da oferta de banda larga com alta velocidade e estabilidade de conexão.

Até o final de 2019, a Oi mantém a projeção de investir R$ 7 bilhões, sem levar em conta  a aprovação no Congresso Nacional do PLC 79, o novo marco legal das telecomunicações, cuja previsão é canalizar novos volumes de recursos para a banda larga.. A operadora evitou comentar as declarações do conselheiro Ricardo Reisen de Pinho, que renunciou apontando a ausência de novos investimentos dos sócios. 

“Esses investimentos já estão confirmados. A aprovação do PLC 79 é importante para uma série de investimentos e desinvestimentos no setor”, afirmou Roberto Guenzburger, diretor de Produtos, Mobilidade e Conteúdo da Oi, em resposta ao Tele.Síntese, durante entrevista em São Paulo sobre as ações da operadora no mercado. “Não gostaria de comentar as declarações dele [do conselheiro que renunciou] porque ele já cumpriu a sua missão”, resumiu.

Com esses investimentos, a operadora espera sair de 1,7 milhão de casas passadas (quando a fibra ótica chega até a casa do cliente) para atingir 3,6 milhões no final deste ano. Essa é a aposta da empresa para melhorar seu posicionamento no mercado. “A fibra muda o jogo no setor de telecom porque  é a base para atender à crescente demanda por consumo de dados”, afirma Eurico Teles, presidente da Oi, segundo a assessoria.

Personalização e troca

Na entrevista, a Oi lançou uma nova versão do Oi Play, que é a plataforma online de vídeo da operadora, disponível via web ou aplicativo. Com a nova versão, Bernardo Winik, diretor Comercial da Oi, destacou que a operadora vai oferecer ao cliente uma solução completa para o consumo de conteúdo por streaming, com funcionalidades que asseguram autonomia e personalização. Por exemplo, citou que, na nova versão, a plataforma ganhou interface mais intuitiva com um login único para todo o conteúdo, que foi ampliado, incluindo filmes, séries, noticiários, programas infantis e esportivos.

No Oi Play, é possível assistir a vídeo on demand de diversos parceiros (Discovery, ESPN, Fox, Globosat, HBO, Telecine, Turner) ter acesso a canais ao vivo e ainda alugar vídeo. Por enquanto, para ter acesso aos lançamentos, é preciso ser cliente da operadora de banda larga ou de plano pós-pago de celular. Mas, no segundo semestre, qualquer pessoa poderá contratar o serviço, como por meio de cartão de crédito.

Para atender novas demandas por streaming, a operadora lançou serviços considerados inéditos pela própria empresa na plataforma forma Oi Play. Uma delas é a funcionalidade “Pra trocar” , que permite ao usuário escolher a cada mês os serviços de video on demand que pretender assistir.

Anterior Anatel avança na busca de espaço para transição de rádios OM em FM
Próximos Produção do setor de informática e eletrônicos aumenta 4% em abril

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *