Oi confirma que terá novo COO, por decisão judicial


A Oi confirmou à CVM a decisão do juiz Fernando Viana de autorizar o ingresso de um novo executivo na diretoria. Segundo o mercado, esse COO deverá ser Rodrigo Abreu, que já teria sido escolhido pelo Conselho de Administração para assumir o comando da empresa.

Em fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a Oi confirmou as informações publicadas no jornal Valor Econômico, de que o juiz Fernando Viana,  da 7 Vara Empresarial do Rio de Janeiro autorizou a indicação de um Chief Operational Officer (COO), conforme pretendia seu Conselho de Administração.

Este executivo, conforme informações do mercado, irá assumir grande parte das decisões estratégicas da operadora, até que deixe o cargo o seu presidente Eurico Telles, ainda sem data para deixar o comando. A disputa entre a diretoria e o conselho de administração pelos rumos futuros da empresa é que motiva essa intervenção judicial.

Recentemente, o fundo GoldenTree Asset Management, maior acionista da Oi, com 15% das ações de controle, pediu a cabeça do presidente, discordando de sua estratégia e mediante os resultados apresentados no segundo trimestre, quando a empresa continuou a queimar caixa.

“Nós agora tememos que o futuro de longo prazo da empresa esteja em sério risco por conta da pobre tomada de decisões, performances operacional e financeira decepcionantes e fracasso em aplicar importantes princípios de governança corporativa previstos pelo plano de reorganização”, expressou o fundo em carta enviada ao Conselho de Administração.

O Conselho de Administração já havia indicado Rodrigo Abreu, ex- CEO da TIM como futuro presidente da empresa, e assumiria o comando em dezembro deste ano. O mais provável é que o executivo, que também participa do conselho, assuma o cargo de COO até a sua condição para a presidência.

 

Anterior PLC 79 será votado no próximo dia 10 na CCT do Senado
Próximos Economia deve apoiar proposta de leilão 5G "não arrecadatório"

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *