Oi amplia contrato com a NSN, para 4G e 3G


A fabricante filandesa NSN (recentemente, a socia alemã, Siemens, vendeu sua participação) anunciou hoje a ampliação do contrato com a Oi para a oferta de equipamentos na rede LTE (Long Term Evolution), GSM e 3G. No ano passado, a Oi havia anunciado a escolha da NSN, Ericsson e Alcatel-Lucent (excluindo, assim, a chinesa Huwaei) para a contrução do coração (core) da rede de quarta geração móvel. Agora, conforme o anúncio da fabricante,  ficará também responsável pela oferta de rádio e pelo planejamento e otimização de rede, integração de sistemas e serviços de manutenção, incluindo hardware e software.

De acordo com o contrato assinado, a NSN converterá a rede da Oi Brasil em diversas regiões para um sistema Single Radio Access Network (Single RAN) com base em sua estação rádio-base Flexi Multiradio 10 para GSM, 3G e LTE. Trata-se de uma estação rádio-base compacta, de alta capacidade, definida por software e preparada para multi-tecnologias. Como parte do núcleo de rede, a empresa fornecerá sua plataforma Evolved Packet Core (EPC), empregando o conceito Liquid Core, no qual o núcleo de rede é virtualizado e torna-se adaptável para atender às necessidades do usuário, entregando o melhor serviço a um custo reduzido, sempre de acordo com a demanda.

 

Além disso, a NSN implementará sua Subscriber Data Management Platform (SDM), incluindo New Technology Home Location Register (NT-HLR), solução para otimizar o gerenciamento de dados de usuários de banda larga móvel, e o sistema One-NDS, para centralizar o repositório dos bancos de dados independente da aplicação utilizada. ( Da redação, com assessoria de imprensa).



Anterior Procuradores fazem nova tentativa para dar prosseguimento a ação contra teles
Próximos Carlos Slim aumenta participação na América Móvil