Odebrecht diz que Kassab recebeu R$ 14 milhões de caixa 2. Ministro nega.


mctic-gilberto-kassab-ministro-cpqd

O jornal O Globo publicou hoje,12,  que a delação do executivo Paulo Cesena, ex-presidente da Odebrecht Transport, informa que o  ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicaçoes, Gilberto Kassab (PSDB) recebeu R$ 14 milhões entre 2013 e 2014. O dinheiro seria de caixa 2 e teria sido doado para a campanha de Kassab ao Senado em 2014 e para as campanhas do PSD.

O ministro disse  que desconhece doações ilegais que tenham sido feitas pela Odebrecht para sua campanha ou a de aliados e colegas de seu partido.”Quero dizer que não tenho conhecimento de nenhuma doação que tenha sido feita para minha campanha ou para a de colegas de partido, ou de aliados, ou mesmo de doações partidárias que não tenham sido feitas na forma da lei”, afirmou o ministro, que participou hoje da assinatura de um termo de cooperação na sede do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro.

Kassab afirmou que é preciso ter cautela, porque as delações ainda precisam ser homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Todos nós temos que ser muito cautelosos com as manifestações de colaboradores que precisam ainda ser apuradas, ser homologadas pelo Supremo Tribunal Federal”. (com agência Brasil)

 

Anterior Fundo prevê investir R$ 300 milhões em startups brasileiras
Próximos Estudo do BNDES e MCTIC sobre IoT custará R$ 17,4 milhões