O primeiro torpedo completa 20 anos


 

“Merry Christmas” [Feliz Natal]. Ainda faltavam uns dias para chegar a data. A mensagem seguiu dia 3 de Dezembro de 1992, há 20 anos. Não foi por carta. Nem foi por chamada telefónica de voz. Muito menos através de pombo correio. O engenheiro Neil Papworth, da companhia britânica Sema, resolveu desejar, por antecipação, a Richard Jarvis, da Vodafone, as boas festas. E optou por enviar uma mensagem curta escrita (SMS). Foi o primeiro SMS.

 

Hoje, ele poderia optar por enviar também uma fotografia do Pai Natal ou enviar a mensagem com um “smile”. Ou com outros elementos decorativos. Há 20 anos, eram apenas letras. Como os celulares ainda não tinham teclado, “escrevi a mensagem num computador pessoal”, explica Neil Papworth, o engenheiro de software que hoje vive no Canadá e que na sua página pessoal conta a história do primeiro SMS. Ele não inventou o serviço de mensagens curtas (SMS), apenas enviou a primeira mensagem. O serviço foi concebido na Associação GSM. “Eu ajudei a desenvolver e a testar o software, fiz com que trabalhasse e tive a honra de enviar a primeira mensagem para provar que funcionava”.

 

Apesar de ter sido nesse dia que a primeira mensagem escrita foi enviada, ainda demorou alguns anos até que os SMS se tornassem uma das principais formas de comunicação entre as pessoas. (Agências internacionais).



Anterior iPhone 5 chegará ao Brasil este mês
Próximos México vai licitar dois novos canais de TV aberta