O negócio de torres da América Móvil será transformado em empresa independente


A América Móvil deverá transformar seu negócio de torres em uma spin off da companhia, que manterá a mesma extrutura acionária, de acordo com a agência Reuters. Ontem (1º), a operadora divulgou comunicado informando que vai segregar “ativos de infraestrutura passiva utilizados, principalmente, pelas operações de telefonia móvel no México”. A iniciativa faz parte da reestruturação por que passa a empresa desde a aprovação de nova legislação para o setor de telecomunicações no país. A lei prevê medidas para diminuir a dominância de mercado da empresa no setor. A América Móvil tem participação acima de 70% em telefonia móvel e fixa no país.

A nova empresa do grupo, que deverá se chamar Telesites, vai oferecer aos concorrentes acesso a 90% dos seus ativos, contra os 45% que hoje estão abertos ao uso por outra operadoras, atendendo as novas condições que lhe foram impostas pelo Instituto Federal de Telecomunicações.

Depois que a operação for aprovada pelas autoridades mexicanas – a reestruturação da empresa será analisada em assembleia marcada para o dia 17 de abril –, a Telesites terá suas ações listadas na bolsa mexicana. E, segundo fontes da empresa citadas pela Reuters, haverá uma oferta pública de ações. Além disso, a proposta envolve a transferência de US$ 1,39 bilhões da dívida da América Móvil para a nova empresa. (Com agências internacionais)

Anterior Anatel publica novas tarifas das ligações fixo-móvel
Próximos Apple quer que programadoras arquem com infraestrutura de seu serviço de streaming