Novo data center da Ascenty será inaugurado em março


A Ascenty Data Centers já iniciou a contratação de funcionários para seu novo centro de dados, que está sendo construído em Jundiaí, no interior paulista. As obras estão em ritmo acelerado e a previsão é que o segundo data center da empresa – o primeiro fica em Campinas – seja inaugurado no final de março.  …

A Ascenty Data Centers já iniciou a contratação de funcionários para seu novo centro de dados, que está sendo construído em Jundiaí, no interior paulista. As obras estão em ritmo acelerado e a previsão é que o segundo data center da empresa – o primeiro fica em Campinas – seja inaugurado no final de março.
 

“Estamos investindo um total de R$ 200 milhões nesse novo data center, que terá 7 mil metros quadrados de área construída e espaço para abrigar 1.200 racks de equipamentos”, afirma Chris Torto, CEO da Ascenty. Localizado no Multivias Polo Industrial e Logístico, o data center de Jundiaí ocupará uma área total de 11 mil metros quadrados, terá alta densidade de energia e o que há de mais moderno em termos de infraestrutura, equipamentos e processos operacionais.
 

“Uma subestação de energia está sendo construída, com o objetivo de garantir uma disponibilidade de 25 MVA de potência, com densidade de 10 KW por rack de equipamentos”, destaca Felipe Caballero, diretor de Infraestrutura de Data Center da Ascenty. Além disso, a nova unidade foi projetada de acordo com as melhores práticas do mercado em termos de confiabilidade, eficiência energética e sustentabilidade e, como o data center de Campinas, segue as recomendações internacionais do Uptime Institute para a Certificação Tier III.

Até o momento, oito funcionários foram contratados para a nova unidade da Ascenty – que já estão sendo treinados no data center de Campinas. A empresa está construindo ainda um terceiro centro de dados, no município de Hortolândia, também no interior de São Paulo. As obras estão aceleradas e em fase de construção da subestação de energia que atenderá essa nova unidade. (Da redação)

Anterior Operadoras descumpriram meta de cobertura 4G em subsedes da Copa
Próximos Grupo EBX vende participação na fábrica de semicondutores a empresário argentino