Nos EUA, divisão móvel e iPhone auxiliam resultados da AT&T


O crescimento da base de assinantes móveis auxiliou a AT&T, maior operadora de telecomunicações dos EUA, a ampliar seus lucros no segundo trimestre deste ano, para US$ 3,8 bilhões, contra US$ 2,9 bilhões em igual período de 2007. No mesmo intervalo as receitas da operadora aumentaram 4,7%, alcançando US$ 30,9 bilhões. A ampliação da base …

O crescimento da base de assinantes móveis auxiliou a AT&T, maior operadora de telecomunicações dos EUA, a ampliar seus lucros no segundo trimestre deste ano, para US$ 3,8 bilhões, contra US$ 2,9 bilhões em igual período de 2007. No mesmo intervalo as receitas da operadora aumentaram 4,7%, alcançando US$ 30,9 bilhões.

A ampliação da base de assinantes sem fio também auxiliou a operadora a compensar o encolhimento dos negócios de linhas fixas. O destaque ficou por conta do churn (clientes que deixam a operadora) da divisão sem fio, que ficou em 1,1% da base no segundo trimestre, o índice mais baixo de toda a história da companhia.

A companhia também informou que as vendas do iPhone 3G nos últimos 12 dias foram duas vezes maiores que os resultados obtidos com o lançamento da primeira versão do aparelho, no mesmo intervalo de tempo. A AT&T adicionou 1,3 milhão de assinantes móveis no segundo trimestre, contra 123 mil um ano antes. As receitas com a operação móvel ficaram em US$ 3,1 bilhões no segundo trimestre deste ano, valor 91% superior ao auferido em igual intercalo de 2007, e as margens operacionais subiram para 25,5%, ante 15,4% um ano antes. (Da Redação)

Anterior Certificação do Iphone está dentro da normalidade,afirma a Claro.
Próximos Totvs adquire Datasul por R$ 700 milhões