Nokia vai demitir 350 na Finlândia


A fabricante de equipamentos de telecomunicações Nokia vai demitir 350 funcionários de sua sede na Finlândia. O movimento faz parte do esforço da empresa em cortar o equivalente a US$ 800 milhões em custos operacionais até 2020.

Segundo Tommi Uitto, presidente da subsidiária da Nokia Networks naquele país, as demissões e a redução de despesas são fundamentais para garantir a competitividade da companhia no longo prazo. A empresa tem 6 mil funcionários na Finlândia.

Além da redução de custos, o executivo disse à agência de notícias Reuters que a companhia acredita no desenvolvimento da 5G para recuperar o equilíbrio financeiro. “O desenvolvimento inicial do nosso negócio em 5G foi forte e por isso vamos aumentar investimentos nessa tecnologia crucial”, falou.

A Nokia figura, ao lado de Ericsson e Huawei, entre as três principais fornecedoras de equipamentos de rede para prestadoras de serviços de telecomunicações no mundo. Também hoje, a empresa anunciou que fechou contrato com a Telefonica do Reino Unido para renovar a central de operações. Pelo contrato, a Nokia vai fornecer a plataforma eSOC que permitirá gerenciar “de forma pró-ativa” as experiências dos clientes e gerar “respostas em tempo real” graças ao uso de ferramentas de automação, inteligência artificial e aprendizado de máquina. (Com agências internacionais)

Anterior 48% das empresas ainda não conseguem detectar violações em dispositivos IoT
Próximos TIM tem o 4G mais disponível. Claro tem o mais veloz, segundo consultoria