Nokia fecha 2016 com prejuízo


nokia logoA Nokia divulgou nesta quinta-feira, 02, um prejuízo de € 927 milhões em 2016. É uma reversão em comparação com o lucro de € 2,46 bilhões de 2015. A receita, no entanto, cresceu 89%, para € 23,6 bilhões em função da adição das vendas da Alcatel-Lucent, empresa com a qual a Nokia se fundiu no ano passado.

O resultado negativo é explicado pela perda de apetite das operadoras em investir na banda larga móvel. A empresa viu cair em 15% o faturamento deste segmento no terceiro trimestre do ano, que representa a maior parte das vendas. A receita com redes IP caiu 12%, e a com licenciamentos, decresceu 25%.

A companhia divulgou o resultado pro-forma, com a soma histórica das empresas unidas, apenas referente ao quarto trimestre. De outubro da dezembro de 2016, a receita encolheu 13% na comparação com os mesmos meses de 2015, para € 6,7 bilhões. O lucro operacional caiu 27%, para € 940 milhões.

2017
Diante dos números, a empresa reviu os planos para 2017. A expectativa é de um ano sombrio, com dificuldades em gerar vendas. Por isso, preferiu não divulgar previsões de vendas futuras. A redução de despesas, que foi uma das alavancas para a fusão com a Alcatel-Lucent, deve ser menor que a antecipada em balanços anteriores. Enquanto em 2016 houve economias de € 550 milhões, para 2017 essa redução de gastos será de € 250 milhões (esperava-se € 400 milhões).

Anterior PLC 79: Oposição quer se reunir com presidente do STF e Kassab trabalha pela aprovação
Próximos Oi vai lançar nova solução de Smart Cities