No último ano, 41% dos entrevistados trocaram de operadora, aponta pesquisa.


As companhias de serviços telefônicos são as empresas que mais sofreram no último ano com a infidelidade dos clientes, de acordo com pesquisa da consultoria Accenture, que entrevistou 3,5 mil consumidores em sete países. O levantamento apontou que 59% dos consultados informaram que trocaram de serviços no ano passado, e 41% dos entrevistados trocaram de …

As companhias de serviços telefônicos são as empresas que mais sofreram no último ano com a infidelidade dos clientes, de acordo com pesquisa da consultoria Accenture, que entrevistou 3,5 mil consumidores em sete países. O levantamento apontou que 59% dos consultados informaram que trocaram de serviços no ano passado, e 41% dos entrevistados trocaram de operadora nos últimos 12 meses.  Os serviços de internet (freqüentemente prestados por teles) ficaram na vice-liderança, com 36% dos pesquisados trocando de fornecedor no último ano, seguido por bancos, com 28%,  e empresas de TV a cabo, com 20%.

Dos países consultados (Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, China, Austrália, Brasil e França), os brasileiros mostraram-se os mais insatisfeitos com o nível de serviços prestados pelas empresas de diversos setores. O principal motivo alegado é a falta de bom atendimento, razão particularmente forte no Brasil, onde 75% dos entrevistados confirmaram a insatisfação com os serviços oferecidos. Cerca de 67% dos brasileiros confirmaram que suas expectativas são atendidas somente raramente ou mesmo nunca. Este índice faz o Brasil o país com pior índice de satisfação entre os sete consultados, na frente da Austrália (52%) Reino Unido (52%) França (51%) EUA (42%) Canadá (41%) E China (31%). No Brasil, a satisfação com serviços de call center só aumento 3% nos últimos 5 anos. (Da Redação, com assessoria de imprensa Accenture)

Anterior Fusão BrT/Oi: Oferta de R$ 4,8 bi representa 60% de prêmio de controle.
Próximos ICANN dá mais um passo rumo à independência definitiva