No Brasil, 6% dos acessos móveis serão 5G em 2023, prevê a Cisco


De acordo com o novo Cisco Annual Internet Report (antigamente conhecido como Cisco VNI), relatório anual da Cisco sobre a internet, divulgado hoje, 18, o 5G representará mais de 10,6% das conexões móveis do mundo em 2023. A média da velocidade do 5G será de 575 megabits por segundo, ou 13 vezes mais rápida do que a média da conexão móvel.

No Brasil, onde espera-se que o leilão de frequências para redes 5G ocorra em novembro, as conexões 5G representarão 6% do total de conexões móveis e a velocidade média do 5G será de 595,5 Mbps no país em 2023. Significa que haverá 20 milhões de acessos em 5G no país.

O incremento de capacidade é importante para facilitar a expansão da economia de aplicações. O mesmo relatório aponta que no Brasil haverá 6,2 bilhões de downloads de aplicações móveis em 2023, acima dos 4,9 bilhões em 2018.

Segundo Hugo Baeta, diretor de vendas para Operadoras da Cisco do Brasil, as projeções apontam ainda que o número de usuários de internet no Brasil representará 92% da população em 2023, superior aos 66% esperados globalmente.

Por fim, as projeções da Cisco apontam quem a velocidade média da conexão móvel aumentará 4,6 vezes de 2018 a 2023, de 8,9 Mbps em 2018 para 41,1 Mbps em 2023. Na banda larga fixa, crescerá 4,1 vezes de 2018 a 2023, de 16,9 Mbps em 2018 para 69,4 Mbps.

Segundo a Cisco, a metodologia usada para se chegar nessas projeções consiste em extrapolar números atuais de mercado, obtidos junto a analistas e comparadas aos níveis populacionais e, em alguns casos, a dados oficiais e de órgãos multilaterais. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Lançamento de novo celular da Apple vai atrasar por causa do coronavírus
Essa é a notícias Mais recent

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *