NIC.br vai liberar registros ONG.br para pessoas físicas


Fundo fotografia desenhado por Creativeart - Freepik.com
Fundo fotografia desenhado por Creativeart – Freepik.com

Organizações sem fins de lucro, associações, grupos de interesse e outros conjuntos de usuários de Internet no Brasil agora podem registrar endereços sob a categoria (DPN) “ong.br”, mesmo não tendo personalidade jurídica. Com lançamento previsto para segunda-feira (27), o “ong.br” passará a fazer parte da categoria de domínios genéricos, somando-se a “com.br”, “art.br”, “eco.br”, “emp.br” e “net.br”. Usuários interessados podem registrar nomes de domínio sob o “ong.br” por meio do sítio: http://registro.br/.

Ao criar o “ong.br” como uma categoria aberta, genérica, o NIC.br busca atender aos interesses legítimos de associações e profissionais informais que encontram significado e relevância no nome, sem descuidar da proteção aos titulares do domínio restrito “org.br”. “Nos últimos anos, tem crescido o número de grupos de interesse e entidades informais das mais variadas áreas e, assim, a demanda por nomes de domínios que os caracterizem”, destaca Demi Getschko, diretor presidente do NIC.br.

A categoria “ong.br” foi criada propositadamente com uma restrição permanente: somente aceitará o registro de nome já presente no “org.br” quando o pedido for feito pelo respectivo titular. Assim, não haverá homônimos entre “org.br” e “ong.br”.

“Caso uma associação seja titular, por exemplo, do domínio ‘nossogrupo.org.br’, somente o próprio titular poderá registrar ‘nossogrupo.ong.br’, e isso caso ele deseje ter o mesmo nome também sob ong.br”, explica Frederico Neves, Diretor de Serviços e de Tecnologia do NIC.br. “Com essa restrição, estamos preservando a unicidade de identidade das associações sem fins lucrativos formais que já possuem domínios ‘org.br’ e, com sua reputação e homogeneidade, fazem do ‘org.br’ um porto seguro na Internet”, complementa. (Com assessoria de imprensa)

Anterior TRF suspende sites que cobravam por serviços gratuitos do Governo Federal
Próximos Orange Business Services tem novo VP para a América Latina