Nic.Br afirma que mudança de uso não afetou internet brasileira


O NIC.br, que implementa e coordena a gestão da internet brasileira, confirmou hoje, 3, que a partir da segunda quinzena de março houva uma mudança no perfil
de uso.
Se há semanas o tráfego era menor durante o período comercial e atingia o pico perto das 21h (deve-se isso ao crescente uso de aplicativos de entretenimento domiciliar), com o início do isolamento notou-se uma distribuição mais uniforme durante todo o dia. A instituição assegura, que não há no entanto motivos para preocupação. O tráfego pode ser  medido no IX.br (http://ix.br/agregado/).

O sistema gratuito de medições SIMET (http://www.simet.nic.br), que está bem espalhado pelo território nacional, também é um termômetro para a situação e, em seu conjunto, não indica sintomas de sobrecarga no atual uso da Internet.

“Temos bons indicadores neste começo de quarentena que, somados a um uso inteligente da Internet, permitirão a todos uma conectividade de qualidade, tanto para os usos já existentes, como para os que surgiram e se intensificaram com o período de isolamento: o teletrabalho, a tele-educação, a telemedicina”, informou a instituição.
(com assessoria de imprensa).
Anterior Fórum do Consumidor recomenda que usuários mantenham contas em dia
Essa é a notícias Mais recent