Nextel quer entregar SIM chips em apenas uma hora, inclusive em áreas remotas


A Nextel quer que startups ajudem a encontrar soluções para os dilemas que a empresa enfrenta no dia a dia operacional. A tele inciou, em parceria com a plataforma Startse, um programa à caça de soluções para o setor de logística de chips da tele.

O programa, chamado Next Challenge, está aberto para inscrições até 8 de setembro. Poderão participar empresas que possuam um MVP (Produto Mínimo Viável) desenvolvido e validado ou que tenham produtos ou serviços já disponíveis no mercado.

São dois os primeiros desafios: o primeiro pretende viabilizar o processo de entrega de chip em apenas uma hora, inclusive em áreas remotas e de risco, e o segundo é a criação de um sistema de rastreamento online de entregas com dinâmica similar à do Uber, que permita que tanto a operadora quanto o cliente tenham informações em tempo real sobre a localização do pedido.

“O Next Challenge faz parte do Nextel Labs, nossa nova plataforma de inovação que visa aproximar a Nextel de startups, aceleradoras, universidades e parceiros que tenham aderência ao nosso negócio, funcionando como um catalizador na solução dos desafios de inovação que enfrentamos. Lançamos o Next Challenge com dois desafios, e acreditamos que a aproximação com esse ecossistema em parceria com a StartSe contribuirá para a melhoria da experiência de nossos clientes” comenta Daniel Lugondi, Head de Inovação da Nextel.

Após o encerramento das inscrições, serão divulgadas as startups selecionadas para o Pitch Day, que acontecerá no dia 25 de setembro. Os projetos selecionados serão anunciados entre os dias 26 e 30 de setembro. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Oi investiu R$ 192 milhões no Centro-Oeste no primeiro semestre de 2018
Próximos Ericsson e Vivo testam uso da banda de 3,5GHz em São Paulo