Nextel demite presidente do Brasil


A NII Holdings, empresa que atua com a marca Nextel em países da América Latina, informou seus investidores que Sergio Borges Chaia não é mais presidente da subsidiária brasileira. A companhia agora começa uma busca para encontrar um novo executivo para o posto. Por hora, Gokul Hemmady, chefe de operações (COO) da NII Holdings, trabalhará juntamente com Claudio Hidalgo, chefe de operações (COO) da Nextel Brasil, supervisionando as operações da subsidiária local até que um sucessor para Chaia seja nomeado.

“Decidimos avançar em uma nova direção para garantir a Nextel Brasil é capaz de executar em suas metas e entregar resultados”, disse Steve Dussek, diretor executivo da NII Holdings.

A mudança na presidência da Nextel acontece apenas um mês após a operadora de serviços de telecomunicações anunciar o reforço de sua equipe de executivos no Brasil, quando Claudio Hidalgo deixou a presidência da Nextel Chile para se tornar COO da Nextel BRasil.

A Nextel tem sido destaque na imprensa brasileira por ter se beneficiado do recém lançado Plano Geral de Metas de Competição (PGMC) e pelo pedido de autorização de aquisição da Unicel, em busca por mais faixas de frequência. Os últimos resultados apresentados pela Nextel Brasil, porém, foram ruins e a companhia anunciou uma reestruturação de sua base de clientes. A companhia também tem enfrentado uma série de dificuldades no lançamento de sua rede 3G, prevista para dezembro.

A controvérsia sobre o interesse na aquisição da Unicel se deve ao fato de que esta empresa está atolada em dívidas, não conseguiu entrar em operação comercial e pode ter sua licença cassada pela Anatel, o que não justificaria, na avaliação do mercado, a sua aquisição por qualquer outro investidor.

(Da redação)

Anterior Claro lança 4G LTE em Porto Rico
Próximos 1º Anuário Tele.Síntese de Inovação