Nextel antecipa números ruins e avisa que 3G este ano só em São Paulo e no Rio de Janeiro


 

A NII holding, que controla a Nextel na América Latina, divulgou hoje o seu balanço não auditado, com resultados abaixo dos projetados pelo mercado. Conforme a companhia, o EBITDA (caixa)  do 4º trimestre deverá vir negativo em US$ 177 milhões, devido a uma despesa extra de US$ 300 milhões em suas operações chilenas. Em 2012, a empresa fechará com receitas operacionais de US$ 6,1 bilhões e EBITDA ajustado  entre US$ 930 a US$ 950 milhões (sem o impacto dos US$ 300 milhões).

 

Os investimentos da holding nos países latino-americanos concentraram-se, principalmente, na implantação de  a sua rede 3G – principalmente no Méxio e Brasil e  somaram US$ 1,5 bilhão. O prejuízo deverá ser de US$ 3,3 bilhões.

 

Brasil


No Brasil, a operadora avisa que cortou 292 mil clientes não lucrativos de sua base no último trimestre e espera o retorno do crescimento de assinantes no primeiro trimestre deste ano. Mas avisa que a oferta de voz e dados na rede 3G em São Paulo, de maneira mais massificada, só vai acontecer no segundo trimestre do ano, e no Rio de Janeiro somente no final de 2013.

 

Para 2013, a empresa também diminuiu suas projeções iniciais e prevê EBTIDA consolidado de US$ 600 milhões a US$ 650 milhões; receitas entre US$ 5,7 a US$ 5,9 bilhões e investimentos de US$ 1 bilhão. ( Da redação).



Anterior IBM anuncia produtos de big data e computação em nuvem para PMEs
Próximos Fabricantes nacionais comemoram regulamentação da margem de preferência em compras governamentais