Nextel adia desligamento da rede iDEN


Logo Nextel

A Nextel adiou, por dois meses, o desligamento completo da sua rede iDEN. O grupo tinha avisado os clientes que o serviço seria finalizado em todo o Brasil em 31 de março. Mas, conforme dados da Anatel, ainda havia 217 mil assinantes do serviço em fevereiro, o que levou operadora a adiar a medida.

A rede ainda será desligada, mas apenas no final de maio. A expectativa dentro da tele é de que, com mais prazo, os usuários remanescentes migrem para planos de telefonia móvel 3G/4G. No último trimestre a companhia bateu recorde de migrações do tipo, com qual 30 mil clientes mudando do rádio para o celular. A maioria dos clientes iDEN estão nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Mas também existem assinantes esparsos em outros 16 estados.

PUBLICIDADE

Em fevereiro, a Nextel foi a operadora que mais captou novos clientes na telefonia móvel. O motivo seria a atratividade das propostas de migração. Especialmente, a possibilidade de se manter o mesmo número, acrescentando apenas o dígito 9 à frente. Muitos clientes, inclusive empresariais, estão sendo contactados. A eles a operadora está oferecendo um menu de opções para manter a conta. Além do uso de celular com 3G e 4G, a tele oferece pacotes com o aplicativo Prip, que simula o funcionamento do rádio iDEN, mas usa uma conexão de internet (IP).

Anterior Trump culpa a Amazon por prejuízos dos correios dos EUA
Próximos Anatel mantém chamadas gratuitas de orelhões da Oi em 12 estados