Netflix terá nova produção brasileira


netflix-reed-hastings-brasil-ceo-2017O fundador e CEO da Netflix, Reed Hastings, veio ao Brasil nesta semana para fazer uma espécie de anúncio: quer ampliar a quantidade de conteúdo brasileiro no serviço. Ele é motivado pelo aumento crescente da base de usuários locais e pelo sucesso no mudo da primeira produção feita aqui, a série “3%”.

Uma série, sobre a operação Lava Jata, foi anunciada ano passado, mas ainda não tem previsão de lançamento. Outra será a comédia “Samantha”, que mostrará a vida de uma mulher de 20 e poucos anos, que vive do sucesso de atriz mirim e se casa com um jogador de futebol recém saído da prisão. “Será uma série para espalhar a cultura do Brasil para o mundo”, disse.

A realização é da produtora Los Bragas, pertencente a Alice Braga, Felipe Braga e Rita Moraes. Mas não há também data de lançamento nem definição de elenco. Além da nova série, ele confirmou que a Netflix pretende acrescentar conteúdos de Bandeirantes, RedeTV e SBT ao serviço. Novamente, não revelou quando.

Hastings não revela quantos usuários tem somente no Brasil. “Posso apenas falar que o crescimento aqui é como um foguete, todo mundo acessa, todo conversa sobre as séries, e ainda há espaço para crescer”, falou, em evento com jornalistas. E apesar de a recepção local da série 3% ter sido morna, ele afirma que mundialmente, foi um sucesso. “O componente humano de se trabalhar em equipe, e os problemas, são reconhecidos em todo lugar”, opinou.

Anterior Vice-líder do governo no Senado diz que PLC 79 está "morto"
Próximos Twitter começa a implantar sistema "anti-bullying"