Netflix pressiona FCC para barrar fusão AT&T Sky/DirecTV


O Netflix, provedor de conteúdo audiovisual via streaming, se manifestou contrário à fusão da AT&T com a Sky/DirecTV. O negócio, no valor de US$ 48 bilhões, ainda está sendo analisado pela FCC (Federal Commuication Comission).

Para a empresa, se esta aquisição for confirmada, não apenas a AT&T torna-se a maior empresa de telecom norte-americana ( já ocupa o primeiro lugar), como também torna-se o maior provedor de internet do país.

“Tanto poder de mercado cria novo incentivo e habilidades para prejudicar outras entidades que a AT&T já persegue”, assinal o Nteflix, que completa. ” E vai exacerbar o comportamento anticompetitivo que a AT&T sempre demonstra”.  ( com agências internacionais).

Anterior Os riscos da “internet dos pobres” proposta pelo Facebook
Próximos Suécia é pioneira em gestão remota de tráfego aéreo

2 Comments

  1. Reinaldo
    20 de Maio de 2015

    Lembrando que não é DIRECT TV, e sim DIRECTV.

    • 20 de Maio de 2015

      Obrigado Reinaldo. Texto corrigido.