NET e Claro HDTV liberam o sinal de todos os canais esportivos que transmitem as Olimpíadas


olimpiadasA NET e a Claro HDTV abriram o sinal de todos os canais esportivos detentores de direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Os canais ficarão disponíveis a todos os assinantes de TV paga das empresas, mesmo aqueles com pacotes básicos e sem acesso a todos eles.

A NET já havia anunciado que iria transmitir 100% dos jogos, em cerca de 65 canais. As operadoras também resolveram mexer momentaneamente na grade, agrupando os canais esportivos que exibirão as diferentes competições simulâneas. Veja, abaixo, como ficam:

Os canais HD estão agrupados a partir da posição 710:

NET HD e Claro HDTV
· Canais SporTV, de 710 a 725
· Canais ESPN, de 728 a 730
· Canais FOX Sports, 731 e 732
· Canais Band Sports, 733

Os canais extras SporTV Play, transmitidos por streaming e disponíveis apenas para clientes NET com decodificadores de última geração, também estarão abertos nas posições de 750 a 789.

E também na versão SD:

NET (Standard Definition)
· Canais SporTV, de 211 a 225
· Canais ESPN, 231 e 232
· Canais FOX Sports, 234 e 235
· Canais Band Sports, 236

Claro HDTV (Standard Definition)
· Canais SporTV, de 210 a 225
· Canais ESPN, de 231 a 233
· Canais FOX Sports, 234 e 235
· Canais Band Sports, 236

Claro, Embratel e NET são patrocinadores oficiais de serviços de telecomunicações dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Toda a infraestrutura do grupo, composta por mais de 181 mil quilômetros de cabos ópticos, 17 mil quilômetros de cabos submarinos, 17 mil ERBs (Estações Rádio Base de Telefonia Móvel), 8 satélites em órbita e 5 data centers, estará a disposição dos organizadores da competição, segundo a companhia.

SVA
A Claro também atualizou seu aplicativo Claro Esportes. O produto, que pode ser assinado por clientes da operadora móvel, foi desenvolvido pela Movile e lançado ano passado. Desde então, conseguiu 2 milhões de usuários. Para as Olimpíadas, o serviço foi repaginado, ganhando destaques sobre a Rio 2016, como um calendário com todos os eventos que irão ocorrer durante o torneio, um mapa com a localização das competições e com orientações de como chegar. O app funciona em aparelhos Android e iOS, e custa R$ 3,99.

Anterior Governo de Brasília elabora nova lei de antenas
Próximos Brasil e Reino Unido se unem para financiar tecnologias para smart city