NET anuncia planos para ampliar cobertura em seis estados


Com a expansão dos serviços para novas 44 cidades, já a partir de janeiro de 2013, a NET Serviços inicia o que seu presidente, José Felix, chamou de uma nova era. “Com a Lei do SeAC (Serviço de Acesso Condicionado) passamos a ter uma licença nacional e vamos expandir os serviços para outras regiões geográficas”, afirmou o executivo, lembrando que até pouco tempo a empresa estava autorizada a operar apenas em cerca de 100 municípios. “Em um ano queremos dobrar a quantidade de municípios com os serviços da NET, em todas as regiões, cobrindo uma área onde vivem 100 milhões de brasileiros”, destacou Félix, em entrevista realizada hoje, em São Paulo. Hoje, cerca de 30 milhões de brasileiros usam os serviços da NET.

A maior parte das novas cidades é no interior de São Paulo (27 no total, localizadas na Grande São Paulo e no Vale do Paraíba). No Rio de Janeiro, serão oito cidades da Baixada Fluminense; em Pernambuco, três cidades mais a capital Recife; na Bahia, duas (Salvador e Lauro de Freitas); no Pará, Belém e Ananindeua; e no Maranhão, a capital São Luís. O critério de escolha considera vários fatores, entre eles as sinergias, segundo Félix.

Além dos serviços de TV por assinatura e de banda larga fixa, com velocidade de até 100 Mbps, a empresa vai oferecer também voz fixa. “O país tem um grande potencial de crescimento. Com o fim da inflação e com os programas sociais, milhões de pessoas ganharam poder de compra, e a NET tem planos de crescimento agressivo”, comentou Félix. Segundo ele, a empresa está preparando, também, novas sinergias com a Claro.

Parte dos investimentos da empresa neste ano, que somam R$ 2,7 bilhões, foi para a expansão da rede, que ganhou mais 16 mil quilômetros em extensão. “Somente em redundância e aperfeiçoamento da rede investimos R$ 700 milhões”, informou o presidente. Outra área de investimento foi na rede WiFi. A NET encerra o ano com 2.400 hotspots instalados em 12 cidades, cobrindo aeroportos e outras áreas de concentração de pessoas. Para 2013, os planos são de chegar a 10 mil pontos cobertos com WiFi, ampliando as áreas atendidas pela rede sem fio nas 12 cidades e estendendo o serviço para outras três cidades.

O presidente da NET destacou que, além do aumento da oferta, a empresa investe em qualidade – destinou este ano cerca de R$ 1 bilhão na melhoria do atendimento ao consumidor. Para 2013, ele não revelou os valores que serão investidos, mas assegurou que “não serão inferiores aos deste ano”.

Balanço

A NET encerra 2012 liderando o crescimento em banda larga fixa, com aumento de 28% e 5,4 milhões de assinantes do Virtua (entre residências e empresas). Na banda larga popular, seu serviço está em mais de 1,3 milhão de domicílios.

Segundo Felix, a empresa também liderou na portabilidade e tem mais de 5 milhões de linhas fixas em serviço. Na TV por assinatura, lançou 30 novos canais, 17 deles em alta definição e seu serviço de vídeo, o NOW, lançado em 2011, teve 60 milhões de programas assistidos. O diretor de produtos e serviços, Márcio Carvalho, informou que a empresa encerra 2012 com 5,3 milhões de assinantes na TV paga.

 

Anterior Nextel inicia venda de 3G no Brasil, sem alarde
Próximos Arena de Fortaleza já está conectada com serviços de dados, voz e imagem