“Nenhuma empresa no Brasil conseguiria comprar a Oi sozinha”, diz CEO da Telecom Italia


O CEO da Telecom Italia, Luigi Gubitosi, falou a analistas financeiros na sexta-feira, 8, que o grupo, dono da TIM Brasil não tem conhecimento de que a Oi esteja realizando qualquer processo de venda de sua unidade móvel. Questionado se o negócio seria atraente para o grupo italiano, o executivo afirmou porém que “ama situações como esta”, em que há possibilidade de o mercado passar por uma consolidação.

“A qualquer momento que houver movimento, passando de quatro para três concorrentes, acho que ajudaria a estabilizar o mercado. E, se isso acontecer de fato no Brasil, nós vamos avaliar”, afirmou.

Ele deu a entender também que qualquer operação de união de ativos com a Oi seria demorada. “Não acho que nenhuma empresa no Brasil, inclusive a nossa, poderia comprar a Oi inteira. Então, será uma transação complicada, mas acho que o tempo dirá”, falou.

A Telecom Italia divulgou na última semana seus resultados para o terceiro trimestre. Na ocasião anunciou também parcerias estratégicas com Google e Santander, que terão efeitos na Europa. No primeiro caso, com a criação de uma subsidiária que vai reunir os data centers e serviços em nuvem. No segundo, com a participação de uma joint venture de serviços financeiros. O grupo teve lucro líquido de € 404 milhões no período, ante prejuízo registrado um ano antes.

Anterior Impactos da extinção dos fundos setoriais são desconhecidos
Próximos Oi será responsável pelo WiFi de 200 supermercados em MG

1 Comment

  1. Erick Nilson
    13 de novembro de 2019
    Responder

    Oi sendo avo de disputa entre as rivais… quem diria!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *