NEC fecha parceria com rede de cinemas Moviecom


A NEC anunciou nesta quarta-feira (26) que fechou uma parceria estratégica com a rede de cinemas Moviecom. O acordo envolve o fornecimento do sistema completo de projeção digital, incluindo 72 projetores de todos os modelos da série para atender as peculiaridades das diversas salas da empresa exibidora. A NEC espera consolidar a sua presença no mercado brasileiro de cinemas.

A Moviecom conta atualmente com 85 salas de exibição em várias regiões do país, como Amapá, Pará e Rio Grande do Norte, além da cidade de São Paulo e Interior. Segundo Gustavo Ballarin, diretor de operações e marketing da Moviecom, o início da migração para a tecnologia digital se deu há alguns anos, com a compra dos primeiros projetores 3D da NEC. Tendo em vista o ganho em qualidade de exibição e praticidade, a empresa resolveu apostar no processo de digitalização do seu parque de equipamentos. 

O acordo foi resultado de cerca de quatro meses de negociação entre as duas partes. De acordo com Jorge Dantas, diretor da área de Cinema Digital da NEC no Brasil, a ideia é que essa parceria se consolide cada vez mais ao longo dos anos, para que as próximas expansões da rede recebam também a tecnologia digital da NEC.

Além disso, o executivo comenta que os incentivos financeiros que os exibidores estão recebendo, tanto dos grandes distribuidores de Hollywood como do governo brasileiro, no sentido de alavancar a migração tecnológica nos cinemas do país têm impulsionado a migração das salas para a tecnologia digital. “A exemplo de programas como o Virtual Print Free, que, por meio dos grandes distribuidores, subsidia a compra de equipamentos digitais, as redes de cinema estão recebendo estímulos para tornar suas salas digitais. O governo também está empenhado neste objetivo implementando programas, como o Cinema Perto de Você e o Cinema da Cidade, que foram criados para garantir a democratização do acesso da população às salas de cinema”, destaca o executivo.

“A expectativa da NEC é atingir a liderança no mercado brasileiro de projetores digitais, que compreende desde o sistema de projeção até o de bilhetagem, por exemplo”, finaliza Dantas.

Anterior Hispasat registra alta de 13,8% na receita das operações LatAm
Próximos Empresas de TI nacionais preparam IPO