NEC faz ampla mudança em sua estrutura mirando o mercado global


TeleSintese-Mundo-Globo-abstrata-Fotolia_131657546Barcelona – Com três stands no Mobile World Congress, a fabricante NEC, em meio ao lançamento de produtos e serviços para IoT e 5G, aproveitou o momento para, no Japão, anunciar uma ampla reforma organizacional,  mirando o seu fortalecimento no mercado externo.

Conforme o comunicado da empresa, divisões de negócios foram fundidas, cargos  mudados e processos centralizados. A nova estrutura passará a funcionar a partir de 1 de abril deste ano. Entre as mudanças, as divisões de negócios que eram voltadas para o mercado externo foram todas centralizadas em um única unidade de negócios globais.

A sua unidade de negócios de telecomunicações passa a ser unidade de negócios de serviços de rede. Não é apenas uma mudança de nome. Conforme a empresa, com o avanço da IoT e da 5G, outros segmentos econômicos, como provedores de serviços, indústria de distribuição, governos passarão a ter papel relevante.

” Alavancando seu know-how da indústria, a tecnologia de IA, a tecnologia biométrica, e a tecnologia da segurança, a NEC irá se concentrar em promover  serviços integrados”, afirma o comunicado.

Na Fira

Entre os produtos lançados em Barcelona, a fabricante japonesa apresentou suas  antenas diretivas, que serão amplamente usadas na 5G, porque serão capazes de “acompanhar” os usuários, sejam eles máquinas ou humanos.

Roberto Murakami, diretor para negócios de operadoras da NEC no Brasil, assinala que, com a 5G,  o maior volume de negócios será capturado pelos sensores  e pelas aplicações que serão criadas e, por isso, as operadoras de telecom estão ávidas em promover internamente suas  revoluções digitais. “Se as carriers não agirem rápido, acabarão perdendo a maior parte do dinheiro”, avalia.

Veja aqui quem é quem na nova estrutura da corporação.

 

 

 

Anterior Oi e TIM vão ampliar compartilhamento de sites
Próximos MCTIC convoca entidades dos usuários para compor Conselho Consultivo