“Não tenho medo de um desastre”, diz Navarro


Photo: Robson RegatoEm entrevista com a imprensa, após o lançamento no Brasil do Manifesto por um novo Pacto Digital, o presidente da Telefônica Brasil, ao ser questionado sobre o cenário pós- eleitoral, disse que “não tem medo de nenhum desastre”. “Não temos porque discutir retrocessos. O país continua avançando. Eu tenho muito mais medo de perder investimentos para os países que competem conosco e que estão crescendo a 6%, enquanto o Brasil cresce 1,5%”, afirmou.

Segundo Navarro, os compromissos da Telefônica com o país são de investimentos de longo prazo. “Este ano nós investimentos mais do que em 2017. E minha proposta para 2019, ainda não aprovada, em estudos, é investir mais do que este ano”, afirmou, para demonstrar sua confiança no país.

Navarro disse que o setor de telecom não tem representatividade compatível com sua importância econômica e que ele espera que com sua união com o setor de TI, que já está acontecendo, isso venha a ser revertido. Uma das entidades presentes no lançamento do Manifesto era a Brascomm (Associação Brasileira das Empresas de Software e Serviços para Exportação). Juntos, os dois setores lutam pela efetivação da Confederação das Empresas de TICs. A confederação foi criada em 2017 e, agora, pretende ter acesso ao Sistema S.

Anterior Futuro da Sercomtel deve ser decidido esta semana pela Anatel
Próximos Brookfield divulga participação acionária na Oi