“Não há mais disputa no Gired. Critério da pesquisa já está resolvido”, diz ministro


O ministro Kassab afirmou que as divergências entre os radiodifusores e operadores de telecom foram resolvidas, que o critério da pesquisa será o do Ibope e que dia 26 de outubro TV analógica será desligada no DF.

shutterstock_ Sergey Nivens_TV_filmeEstá resolvido, e o sistema analógico da TV será mesmo desligado na Capital Federal no dia 26 de outubro, com um grande festa, promete o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab.

Segundo o ministro, que participou hoje, da ICT Week, Informação, Comunicação Tecnologia, as divergências  que existiam entre os radiodifusores e os operadores de telecomunicações quanto aos critérios de aferição para a pesquisa que irá confirmar se 93% das residências do Distrito Federal estão capacitadas a receber os sinais de TV digital, para que a TV analógica possa ser desligada, já foram resolvidas. Conforme Kassab os critérios  serão  aqueles apurados pelo Ibope.

Conforme noticiou o  Tele.Síntese há algumas semanas, uma disputa entre os radiodifusores e as operadoras de telecomunicações estava sendo travada no âmbito do Gired (grupo que conduz o processo de TV digital, coordenador pela Anatel) em torno dos critérios adotados pelo Ibope para apurar o número de residências de Brasília com acesso aos sinais digitais de TV. O Ibope estava considerando todas as TVs de tela plana como TVs digitais e a radiodifusão contesta este critério, o que infla em quase 8% o resultado final.

Para tentar um acordo, os operadores de celular aceitaram cortar  o resultado final apurado com esse critério, e se chegaria a 85% dos lares aptos a receber os  sinais. É preciso atingir 93% dos lares, com margem de erro de 3%, o que significa estar quase lá, se for mantido esse critério. O que o ministro Kassab já disse que será mesmo esse o critério adotado.

Anterior Conversor do bolsa família poderá ser usado como entrada para compra de TV digital
Próximos RFS abre área P&D no Brasil