Na Itália, TIM estabelece acesso fixo comercial de 2 Gbps em rede 5G


A TIM Itália estabeleceu o primeiro link permanente de acesso fixo com velocidade de 2 Gbps na rede 5G comercial de Roma, utilizando o espectro de 26 GHz. Os fornecedores da tecnologia foram as empresas Ericsson, responsável pelas antenas, e Qualcomm, cujos modems Snapdragon X50 5G equipam a CPE utilizada.

As conexões com esta velocidade usam o total de 400 MHz de espectro na banda de ondas milimétricas arrematada pela TIM no leilão ocorrido em 2018. A empresa, que desembolsou €  2,4 bilhões à época pelas frequências de 26 GHz, 3,7 GHz e 700 MHz, promete incrementar a velocidade da rede 5G com mais 1.000 MHz ao longo do ano.

O modelo de negócio se baseia no acesso fixo sem fio, em que um equipamento de banda larga é instalado na casa ou escritório do cliente. Mas, em vez de conectado à internet por cabos coaxiais ou ópticos, transmite os dados integralmente pela rede móvel. A TIM diz que usará o modelo em áreas onde a infraestrutura física não alcança, e em situações de cobertura dedicada indoor, com por exemplo aplicações de indústria 4.0.

O padrão usado é o 5G 3GPP não autônomo (NSA), que recorre a elementos de rede LTE. A operadora tem por meta cobrir 120 cidades com 5G até o final de 2021, além de distritos industriais, áreas turísticas e atender grandes projetos industriais.

Anterior 5G Americas elege Igal Elbaz, da AT&T, como presidente do conselho
Próximos Samsung prevê queda nos lucros do 4º trimestre de 2019