Na França, governo quer redução nos custos de SMS


O governo francês solicitou às operaoras que cortem seus preços para SMS (Mensagens curtas de texto, na sigla em inglês). “O preço do SMS na França tem que cair”, afirmou Luc Chatel, secretário do estado para assuntos da indústria e do consumidor. Apoiado por um relatório produzido pela Arcep, órgão regulador francês, Chatel notou que …

O governo francês solicitou às operaoras que cortem seus preços para SMS (Mensagens curtas de texto, na sigla em inglês). “O preço do SMS na França tem que cair”, afirmou Luc Chatel, secretário do estado para assuntos da indústria e do consumidor. Apoiado por um relatório produzido pela Arcep, órgão regulador francês, Chatel notou que o custo de enviar uma mensagem apenas não mudou desde meados de 2004, apesar do tráfego de SMS ter dobrado desde então.  

Como resultado, Chatel vai escrever ofício pedindo as operadoras que reduzam o custo do envio de mensagens únicas, que não são incluídas no pacote das operadoras. Atualmente o envio de uma única mensagem custa entre € 0,12 e € 0,15 nas três principais operadoras: Orange, SFR e Bouygues Telecom. Pegando carona na queixa da comissária da União Européia para assuntos de telecom, Viviane Reading, Chatel ainda lembrou as operadoras que o custo de enviar uma mensagem em roaming continua alto.

Com o pedido, Chatel pretende ampliar o poder de compra dos consumidores com menor poder aquisitivo. O movimento vai de encontro também com o anúncio fetio no início deste mês pelo governo francês, de aumentar os impostos das teles em 0,9% de suas receitas, recurso que servirá para suplantar as estações de televisão pública, que não mais poderão receber anúncios publicitários, de acordo com o plano do governo.

No entanto, a requisição para baixar os preços de SMS pode não afetar muito as operadoras. Isso porque, como nota a Arcep em seu relatório, “o mercado passou por uma grande revolução recentemente na forma de concepção dos pacotes de SMS … que levam as operadoras a competir na base da quantidade.” Como resultado, o mercado “beneficia aqueles que enviam muitas mensagens SMS, particularmente os jovens”, aponta o relatório. Os maiores usuários de SMS pertencem a planos pré-pagos, consumidores de menor poder aquisitivo, e que interessam menos às operadoras.

A Arcep apontou que as MVNO (operadoras móveis virtuais, na sigla em inglês) cortar o custo de mensagens individuais de SMS para até € 0,09 por mensagem, levantando o questionamento sobre porque as três principais operadoras não fizeram o mesmo. A Arcep prevê que o número de SMS enviados pelos usuários franceses vai mais do que dobrar para 66,8 mensagens por mês em 2011, contra 29,2 mensagens por mês auferidas em 2007. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Reajuste de 40% no frete aéreo terá impacto em celulares e PCs
Próximos Anatel multa Oi em R$ 1,8 mi por problemas na telefonia fixa