MP permite que correios brasileiros sejam sócios do trem-bala



Medida provisória (MP) publicada na edição desta sexta-feira (29) do Diário Oficial da União permite que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) atuem, em sociedade com outras empresas, na área de logística, serviços financeiros e digitais e também ter subsidiárias no exterior. A MP assinada altera o estatuto da empresa, ampliando sua área de atuação e também alterando quesitos de governança da companhia.

Na prática, com a MP o governo cria o marco legal para que os Correios possam participar, como sócios, do Trem de Alta Velocidade (TAV), o trem-bala, ao permitir que a empresa firme parcerias comerciais que agreguem valor à sua marca e proporcionem maior eficiência de sua infraestrutura, especialmente de sua rede de atendimento. Permite ainda à empresa ter uma frota de aviões para o transporte de carga aérea postal e que possa funcionar como operadora virtual da telefonia móvel (MVNO).

A MP 532 ainda trata da política e a fiscalização das atividades relativas ao abastecimento nacional de combustíveis.(Da redação)

Anterior Oi registra prejuízo de R$ 395 milhões, queda no EBITDA e na receita
Próximos Oi faz planejamento estratégico para rejuvenescer telefone fixo