Motorola avalia vender sua unidade de celulares


A Motorola está considerando separar sua unidade de telefones móveis, para realizar um “realinhamento estrutural e estratégico”. A fabricante norte-americana de celulares passou o último ano lutando para reconquistar a lucratividade e a participação de mercado que perdeu para diversos concorrentes. Especula-se que possíveis candidatos a comprar a unidade incluem Samsung, Sony Ericsson e fabricantes …

A Motorola está considerando separar sua unidade de telefones móveis, para realizar um “realinhamento estrutural e estratégico”. A fabricante norte-americana de celulares passou o último ano lutando para reconquistar a lucratividade e a participação de mercado que perdeu para diversos concorrentes. Especula-se que possíveis candidatos a comprar a unidade incluem Samsung, Sony Ericsson e fabricantes chinesas Huawei e ZTE.

Alguns analistas, no entanto, avaliam que vender a unidade de celulares pode não ser um bom negócio para os investidores, no longo prazo. As receitas com celulares caíram um terço durante o ano passado, sendo que telefones móveis ainda respondem por mas da metade das vendas totais da companhia.

A empresa realizou algumas reestruturações estratégicas em 2007, demitindo o presidente e redistribuindo recursos entre os três segmentos de negócio em que atua. A unidade de conversores e equipamentos de rede cresceu 9% durante o ano passado, e sua unidade de negócios móveis, que vende produtos sem fio para clientes corporativos, reportou aumento de 43% em suas vendas. Sua unidade de celulares, no entanto, perdeu o segundo lugar mundial para a Samsung, e viu outras fabricantes rivais se aproximarem de sua posição. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Alcatel-Lucent planeja crescer 20% em 2008, no Brasil.
Próximos Nos EUA, 30% dos iPhones desbloqueados