Motorista que usar celular pode pagar multa de R$ 315


O motorista que utilizar o celular enquanto dirige poderá pagar multa de R$ 315,00 e a infração será considerada gravíssima, caso seja aprovado o projeto de lei que endurece a legislação de trânsito. A proposta, formulada pelo Ministério da Justiça, já está pronta e o governo pretende enviar ao Congresso em agosto, após o recesso …

O motorista que utilizar o celular enquanto dirige poderá pagar multa de R$ 315,00 e a infração será considerada gravíssima, caso seja aprovado o projeto de lei que endurece a legislação de trânsito. A proposta, formulada pelo Ministério da Justiça, já está pronta e o governo pretende enviar ao Congresso em agosto, após o recesso parlamentar.

Hoje, o motorista que usa celular comete infração média, com multa de R$ 85,13. A proposta prevê aumento das multas de trânsito acima de 60% e que os valores sejam reajustados anualmente pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito)  por índice ainda a ser determinado, o que não é feito desde 2000.

De acordo com a proposta, que já esteve em consulta pública no início do ano, o valor a ser pago pela infração mais branda (leve) sairia dos atuais R$ 53,20 para R$ 90. Para as infrações gravíssimas (ultrapassar pela contramão, por exemplo), o valor passaria de R$ 191,54 para R$ 315 – cifra que, multiplicada de acordo com o caso, poderia atingir R$ 1.575,00, se a velocidade superar em 50km/h a permitida. Outro sinal de endurecimento da nova fase do código brasileiro estaria na proibição do parcelamento das multas. Além de pagar mais, o motorista ficaria impedido de parcelar os valores. (Da Redação)

Anterior Teles pedem que FCC reconsidere internet gratuita
Próximos Lucro da Sony Ericsson despenca